INÍCIO DÚVIDAS FREQUENTES

Dúvidas Frequentes


A indenização integral é caracterizada quando os prejuízos resultantes de um mesmo sinistro atingirem ou ultrapassarem 75% (ou percentual inferior quando previsto na apólice) do valor contratado pelo segurado. Em caso de roubo ou furto do veículo sem que o mesmo seja recuperado, há também a indenização integral.

Quem pretende receber a indenização integral do seguro auto precisa informar a seguradora sobre o ocorrido. Cada empresa de seguros possui um canal de comunicação, mas, no geral, isso é feito por telefone. Nesse contato são passadas as informações de como se deve proceder para dar andamento ao processo.

Quando ocorrer um sinistro deve-se comunicar a seguradora o mais rápido possível para que ela possa passar todas as orientações de como proceder. No geral, é necessário levar o carro para uma oficina, que pode ou não ser indicada pela seguradora, a fim de fazer um orçamento. Será preciso também passar informações à seguradora e enviar alguns documentos, como boletim de ocorrência, aviso de sinistros e outros que lhe forem solicitados.

Franquia é o valor em dinheiro que o segurado é responsável em casos de sinistro em que não aconteça a indenização integral. Parece complicado, mas não é. Isso significa, por exemplo, que caso você bata seu carro e os reparos fiquem avaliados em R$ 5.000, e sua franquia é de R$ 1.500, por exemplo, você fica responsável por pagar R$ 1500 do conserto e a seguradora os R$ 3.500 restantes.